quarta-feira, 23 de setembro de 2009

O Estranho Caso do ET Panamenho

- Que dó desse ET que os panamenhos pegaram de pau. Acho que foi um erro fazer isso.

- Dó? Que medo, isso sim. Melhor matar do que dar bobeira. Todo mundo sabe que com relação a ET panamenho, deu mole, eles já tão chupando sua medula. 

- Tá na cara que esse ET não tinha capacidade de fazer isso. Ele foi morto por umas crianças a pedradas. Pior: foi morto por umas crianças PANAMENHAS a pedradas. E panamenho é um povo reconhecido internacionalmente pela falta de vitamina A, B, C e D no sangue.

- Vai ficando com dó, vai. Assim que os comparsas estelares deles chegarem e acabarem com metade da população do Planeta, quero ver a dó que você vai ter. 

- Era um ET pobre-diabo. Se no planeta dele todo mundo for igual, não acabam nem com a população de Diadema. 

- Mas Diadema é chapa quente, meu chapa.

- Tá. Usei um mal exemplo. Não acabam nem com a população de São Caetano do Sul.

- Será?

- Nem acabam. São frouxos. Por isso me deu dó. São inofensivos. A partir do momento que uma criança panamenha é ameaça para sua raça, é sinal que a extinção se aproxima a passadas largas.

- Pode ser. É que sempre fico com pé atrás quando o assunto é ET. 

- Eu sempre confundo o "Canto do Cisne" com o "Canto da Sereia".

- Está mudando de assunto ou isso tem a ver com ETs?

- Mudei mesmo. Nunca sei qual é qual.

- O Cisne canta quando sente que vai bater com as 10. Assim, a expressão é usada para definir algo que está no fim. A Sereia canta, com sua voz tão linda e melodiosa, para atrair marinheiros que, quando vão ao seu encontro, acabam tendo o mesmo fim do Cisne: vão pro saco.

- Então a gente pode dizer que o Canto da Sereia é o Canto do Cisne pros marinheiros?

- Positivo. 

- Por isso que eu confundo. 

- Eu nunca tinha cruzado as duas histórias. Acho que agora vou confundir também.

- Voltando ao ET. Podemos dizer que encontrar os trombadinhas panamenhos foi seu Canto do Cisne?

- E que seu Canto da Sereia foi também os meninos panamenhos, já que eles o atraíram para a morte.

- Olha, segundo as crianças, não foram eles que atraíram. O ET que avançou neles e tenou agarrar suas pernas. 

- Cacete. Será que o Canto da Sereia do ET foi sua pedofília?

- Ou sua tara por pernas. 

- Nunca saberemos, já que o mataram.

- Eu não disse que isso havia sido um erro?

2 comentários:

Guta de Franco disse...

ADOREIIIIIIIII!!!

Muito bacana o blog!

Mariana B. disse...

hahahahahha foi um erro, fato.