quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Geisy x Uniban x Apagão, o saco sem fundo

- Você acha que os alunos da Uniban hostilizaram o apagão?

- Acho que não. Afinal foi um apagão, não um microapagão. E, além de tudo, ele chegou escurecendo tudo e veio direto e reto. Não pintou mostrando tudo e fazendo um caminho mais longo, via Acre e Rondônia, antes de chegar em São Paulo.

- Pior é que agora estão querendo achar culpados para o apagão e tals. Até minha vó sabe que algo que é compartilhado, supervisionado, dirigido, mantido ou qualquer coisa do tipo entre Brasil e Paraguai, não tem como dar certo.

- Isso é fato. É como deixar uma arma laser na mão do Curly, do Larry e do Moe, dos Três Patetas. 

- Sim, mas para completar o terceiro pateta, Itaipu deveria ficar na mão de Brasil, Paraguai e da polícia de Minas Gerais.

- Tudo bem que a polícia mineira prende crianças de 8 anos, deixa pessoas entrarem armadas em estádios e depois não consegue desarmá-la, enquadra um atropelado e deixa o motorista embriagado ir embora e tudo mais. Mas o terceiro pateta devia ser um país, não?

- Tá. Então seria o Vaticano. Um país que fica dentro de outro país, no qual o chefe de estado é um católico fervoroso meio anazistado e que é anunciado por meio de uma fumaça expelida por uma chaminé não pode ser sério. Sem contrar que o presidente anterior era homem e tinha nome de mulher, Karol. Muito esquisito esse tal de Vaticano.

- E lá o Vaticano é país?

- É mais país que qualquer delegacia de Minas Gerais.

- Você acha que se o papa pintasse no Vaticano com aquele microvestido da Geisy, ele seria hostilizado pelos cardeais?

- Acho que os cardeais não iam ligar muito, mas a Liga das Senhoras Católicas não ia admitir.

- Por outro lado, a Sexy ou a Playboy ou a Brasileirinhas poderia chamá-lo para fazer umas fotos ou uns filmes pornográficos.

- Depois da Fernanda Young na Playboy, nada mais me surpreenderia. Nem o papa fazendo filme pornográfico.

- Se a Brasileirinhas tivesse tino comercial mesmo, já tinha contratado uns sósias do papa e da Geisy para estrelar um filme que se passaria em uma réplica de Itaipu. Poderia se chamar "Papa papa Itaiputa" ou "Papa hostializa em Uni-gang-bang".

- Hostializa vem de hóstia, imagino.

- Isso. Pensei em alguma cena envolvendo comida e sexo.

- E por que sósias e réplica?

- Para fazer a toque de caixa, teriam que improvisar. Ia demorar muito tempo até convencer a Geisy e o papa a fazerem um filme pornô. 

- E porque uma réplica de Itaipu?

- Por que é preciso iluminação para os câmeras filmarem. E a última coisa que tem na própria Itaipu é luz.

Um comentário:

Keyllita disse...

Adorei, adorei e adorei! Criativo, hilário! Virei fan!