quinta-feira, 30 de julho de 2009

Na BR 116, Quase em Registro

- Vai pra onde, dona?

- Como "pra onde", garoto? Nem precisa ligar o carro, já que você já tá no acostamento mesmo. O programa custa R$ 20.

- Eita, como assim?

- Ué. Eu sou puta de beira de estrada.

- Achei que nunca fosse ouvir uma frase dessas pessoalmente. Aliás, tirando os filmes do cinema nacional, achei que nunca fosse ouvir essa frase em lugar nenhum.

- Como?

- Nada. Nada. É que eu estava passando, vi você estender a mão e achei que queria carona. Como estou faz mais de 5 horas dirigindo sozinho e estranhamente meu CD player quebrou na primeira hora de viagem e está tocando Fly by Night há tempos, achei que seria bom dar carona para alguém para me distrair.

- Se quer se distrair, são R$ 20.

- Mas eu não quero transar. Aliás, a senhora não está um pouco sambada para ser puta?

- Ué. Você dirige mal para a porra e está aí, querendo "dar carona".

- Como você sabe que eu dirijo mal? Ainda nem dei partida no carro.

- Eu vi quando você entrou na reta. Você cortou um caminhão, quase bateu em uma Fiorino e quase te acertaram a traseira quando embicou para "me dar carona".

- É que eu estava tentando desligar a porcaria do CD ou tirar o disco. 

- Fly by Night é de matar mesmo, não?

- A senhora conhece Rush?

- Olha aí, já está puxando assunto. Você quer uma puta ou uma analista?

- Eu não quero nem um nem outro. Só queria dar uma carona e me distrair. Mas se...

- Para se distrair, custa R$ 20. Mas eu vou avisando que, comigo, só com camisinha.

- Olha, esquece. Desce do carro que eu vou embora com o maldito Rush tocando Fly by Night.

- Para onde você vai?

- São Paulo.

- Vai passar pela Lapa?

- Não sei. Não é muito meu caminho.

- Bom, porque já que estou aqui mesmo e o meu expediente está acabando, você poderia me levar lá, até a Lapa. Eu aproveitaria para visitar minha irmã, que não vejo há anos.

- É meio fora de mão. Mas eu te levo, sim. Custa R$ 20.

- R$ 20? 

- É. Mas te deixo na porta da sua irmã.

- Certo. Mas olha, hoje o dia foi difícil e eu não peguei um só cliente. Você não quer transar? Daí você me dá R$ 20 e eu te devolvo esses mesmo R$ 20 quando você me deixar na Lapa.

- Minha senhora, já disse mil vezes que não quero transar. Só queria companhia.

- Só pela companhia, cobro R$ 10. Mas se eu tiver que falar muito daqui até lá, aí sai por R$ 25.

- Olha, eu te pago R$ 40, se você conseguir tirar esse CD daí de dentro. E ainda te levo até a Lapa, na casa da sua irmã.

- Tudo bem, eu aceito. Toca o carro. Aposto que até a gente chegar em Registro, já tirei o CD.

- R$ 40.

- Como?

- Aposto R$ 40 que você não tira o CD até Registro.

- Peraí que a conta está complicando. Se eu tirar até Registro, ganho R$ 40. E se eu tirar até a Lapa, ganho mais R$ 40? 

- Não. Se tirar até Registro ganha R$ 40. Se não tirar, me deve R$ 40. Se tirar só na Lapa, ganha R$ 40. O que dá zero a zero, já que perdeu a grana em Registro. No final das contas, se não tirar, leva R$ 10. Mas isso se falar pouco. E como estou percebendo que a senhora fala mais do que a nega do doce, vai ser R$ 25, no mínimo. Mas como...

- Tá, tá, já basta. Não entendi bem, mas está combinado. Tem certeza de que não quer se divertir?

- Certeza. Agora coloca o cinto que vou dar a partida e entrar na estrada com tudo.

- Só transo com camisinha, viu!

- Mas eu já disse que...

- Eu sei, eu sei. Desculpe. Foi puro reflexo. Sempre que eu ouço alguém dizer "entrar com tudo", respondo que tem que ser com camisinha.

- É mesmo?

- É.

- Vou entrar com tudo.

- Só transo com camisinha, viu?

- Vou entrar com tudo.

- Só transo com camisinha, viu?

- Vou entrar com tudo.

- Só transo com camisinha, viu?

- Hahahahaha.

- ...

- Vou entrar com tudo.

- Só transo com camisinha, viu?

- Vou entrar com tudo.

- Só transo com camisinha, viu?

- Agora perdeu a graça. Põe o cinto.

7 comentários:

Lu Giusti disse...

Adorei....vocês são tudo de engraçado...
beijão
Lu

fabio disse...

Sensacional, Bucha. Final excelente.

Costela disse...

Boa, Buchaça. hahaha

Flávia D'Álima disse...

Absurdamente bom!!!

daniellrezende disse...

Fantástico, Bucha.

Leandro Leal disse...

Eu achei uma porcaria. (Só para ser uma voz dissonante.) :-P

Lilian disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK