sexta-feira, 8 de abril de 2011

Edson Celulari, Dedé Santana, Essas Coisas

- É muita bichice ter vontade de abraçar outro homem?

- Bichisse é com c ou com dois ésses?

- Gíria vale qualquer grafia. E então, é ou não muita bichisscçe ter vontade de abraçar outro homem?

- Olha, se for o Edson Celulari o outro homem, não é. não. Afinal, quem resiste a ele?

- E se não for ele?

- Se for um cara bem parecido com ele, tipo o Dedé Santana, aí também não é. Afinal, dá para confundir fácil.

- Falando em confusão, outro dia me senti fora do meu próprio corpo.

- Como assim?

- Estava caminhando tranquilamente pelas alamedas de São Caetano quando vi uma casa para vender. 

- E se viu lá dentro, dando tchauzinho para você mesmo?

- Quase. Na placa de "vende-se" estava anotado o meu número de celular.

- Nossa! E aí, você ligou?

- Não tenho muito saco de conversar comigo mesmo. Aliás, quem fala sozinho é louco. 

- Pô, mas não ficou curioso? Não coçou ligou para ver o que era?

- Então, eu até pensei nisso, mas estava sem crédito.

- Rapaz... então torço para que você venda logo a casa. Aí pode colocar uns créditos no celular.

- Não vou pensar a respeito da sua frase. Acho que se eu tentar entendê-la, ficarei louco. Ou "sairei fora do meu próprio corpo". Ou entrarei em um episódio do "Além da Imaginação".

- Sabe quando eu me sinto assim? Toda vez que eu entro no metrô Armênia.

- Como é?

- Toda vez que eu entro no Metrô Armênia, senta ao meu lado uma pessoa com uma guia da Amil rasurada.

- Toda vez?

- Toda. Não sei mais o que fazer. Até penso em descer uma estação antes da Armênia, pegar um taxi até uma depois e usar o metrô novamente. 

- Te incomoda tanto assim uma pessoa com uma guia da Amil ao seu lado?

- A guia em si, não. A pessoa, também não. Mas já vi cada rasura cabeluda. Mamãe!

2 comentários:

@julianojubash disse...

Sérgio, quase te escrevi esses dias para comentar uma notícia genial que vi num elevador: Edson Celulari será jogador de futebol na próxima novela das 6.

Buchabick disse...

Maravilha. Já emendo Malhação com a novela das 6.

Se passarem o Jornal Hoje para um pouco mais tarde, meu dia ficará completamente improdutivo.